Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Psicólogas do Ifal ofertam atendimento on-line emergencial a servidores afetados pela pandemia

Notícias

Psicólogas do Ifal ofertam atendimento on-line emergencial a servidores afetados pela pandemia

Serviço será disponibilizado por e-mail

por Roberta Rocha - jornalista publicado: 13/04/2020 07h54 última modificação: 13/04/2020 08h26

Integrantes do quadro funcional do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) que se sintam emocionalmente vulneráveis diante da crise do coronavírus poderão contar com apoio psicológico on-line enquanto durarem as medidas de isolamento social. O serviço será ofertado gratuitamente pelas psicólogas do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor Público Federal (Siass) da instituição, Larisse Coimbra e Paulete Constantino.

O atendimento ocorrerá por e-mail. Quem deseja essa orientação, deve escrever para o endereço psicologia.siass@ifal.edu.br, com o assunto QUERO APOIO PSICOLÓGICO. No corpo do texto, é necessário informar nome completo, CPF, telefone e e-mail pessoal. As profissionais esclarecem que esse último item é fundamental, pois o atendimento será realizado através dele, para preservar o sigilo e a confidencialidade. No e-mail pessoal informado, a pessoa interessada receberá uma mensagem com as orientações necessárias à realização de um atendimento seguro e de qualidade.

A modalidade de atendimento ofertada é assíncrona, ou seja, existe uma lacuna de tempo na interação entre a psicóloga e a pessoa assistida, a interação não acontece em tempo real. As psicólogas responderão as mensagens às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h às 19h. Os e-mails, no entanto, podem ser enviados por servidoras e servidores durante toda a semana e em qualquer horário e as mensagens serão respondidas por ordem de chegada na caixa de entrada do e-mail da Psicologia do Siass.

De acordo com as profissionais envolvidas, todas as informações produzidas durante o atendimento psicológico serão mantidas em sigilo, salvo em situações previstas no Código de Ética Profissional. O alerta delas, entretanto, é de que as pessoas atendidas também tomem cuidados para manter o sigilo do atendimento, como evitar usar computadores de terceiros ou realizar o atendimento em conexões públicas, além de manter um antivírus sempre atualizado.

registrado em: